Acupe - Festas Populares do Acupe | O Bom Do Acupe | Santo Amaro BA

Festas Populares do Acupe

"Eta" lugar festeiro; nunca vi um lugar de um povo tão festeiro e animado! É de janeiro a dezembro... Tem gente que fala que no Acupe, quando se cai uma tampa de panela no chão o povo sai dançando! E é verdade! Tem as festas profanas e as religiosas.

No mês de janeiro, a virada do ano, atrai muita gente... Pessoas da Bahia, do Brasil e até do mundo. Todos seduzidos pelo encanto da terra e pelo verdadeiro povo acolhedor do Acupe! Tem gente que só vai entender meu amor por esse cantinho do Recôncavo se desejar realmente um lugar com suas características de interior preservadas. Sentir o cheiro da terra molhada, o cheiro de café coado, da simpatia dos morados ao te cumprimentar quando te vê na porta de casa, do sino tocando na igreja chamando pra missa. Um regate a simplicidade!

O carnaval, sabe aquele carnaval de antigamente. Tem fanfarras tocando pelas ruas com o povo dançando, tem blocos dos Cornos, e de homem fantasiados de mulher e de mulheres fantasiadas de homem. Muita irreverência e alegria. Tem a Lavagem da Porca! Essa eu não gosto muito! Tenho pena da porca!

Em Setembro dia 9, tem a festa de Nossa Senhora da Soledade, que é organizada pela Paróquia de Nossa Senhora da Soledade, padroeira de Acupe. A igreja católica fica na principal Praça de Acupe: Praça Renato Leone, no centro.

E o maravilhoso São João, que é uma das festas mais animadas. A maioria das casas coloca sua fogueira nas portas, decoram suas casas e também as ruas e praças. As famílias se reúnem sentadas a porta, para apreciarem as apresentações das quadrilhas, Banda Filarmônica, que tem realizado um trabalho maravilhoso, da capoeira; que vêm resgatando os jovens e as crianças da comunidade as suas raízes, da beleza da queima dos fogos. A quadrilha "Sete Pão Por Um Real”, faz uma verdadeira festa de “arrasta-pé” Sem esquecer a outra quadrilha, que também anima muito o São João no Acupe: A "quadrilha de mulheres”.

E o Samba de Roda com seu ritmo contagiante. Mas também fico encantada com as crianças, conservam a tradição de vestir sua roupa de caipira (traje típico do São João).É realmente um resgate as verdadeiras festas juninas. Só participando para entender! Particularmente eu adoro o São João no Acupe.

Logo depois também em junho, vem a festa dos pescadores que homenageia seu Santo padroeiro: São Pedro, com procissão e queima de fogos na alvorada do dia 29. Uma homenagem cheia de alegria e agradecimento. Além das comemorações na Igreja tem as barracas de peixes, de artesanatos, e de comidas típicas no porto de cima e no porto de baixo. Sem falar na tradicional Corrida de Canoa, que é realizada na Salina. Que reúne muita gente, que não se preocupam com a distância do evento, pois essa praia fica um pouco distante do centro. Seguem famílias inteiras para torcer e prestigiar os pescadores. 

Fico impressionada com a participação da comunidade dos pescadores em preservar essa festa. Um lugar em que a maioria tira seu sustento do mar, e que muitos herdaram essa vocação de seus pais, não poderia ser diferente... Não posso deixar de falar na apresentação da Burrinha, do “Nego Fugido”, do Samba de Roda, e da Careta! São manifestações que mais parecem um teatro ao céu aberto! A Burrinha encanta com suas musicas e danças. As apresentações mereciam ganhar um destaque maior na mídia da Bahia e do Brasil! Tem uma característica jamais vista em qualquer palco do mundo.

A encenação do "Nego Fugido" é tão real, único, que deixa impressionada turistas e até os moradores! O Samba de Roda tem um "suingue" que contagia. Ver aquelas mulheres sambando como se estivessem contando uma história, cheia de tradições; É emocionante! Os tocadores, nunca perdem o ritmo; eles tocam no compasso de quem tem a música correndo nas veias.
As Caretas impressionam com suas mascaras assustadoras, no corre, corre pelas ruas assustando quem não conhece esse "espetáculo” de cultura! Ainda tem o importante "2 de julho", que, segundo os mais conhecedores da história do Acupe, aqui tinha a verdadeira festa cívica. Com protestos e reivindicações e toda a voz do povo, para quem quisesse ouvir ! Os caboclos eram representados por pessoas e não por estatuas. E que o carro que transportava os caboclos era uma verdadeira relíquia, "digna de exposição em Santo Amaro!"

-Por onde anda esse tesouro do Acupe?

Apesar de tudo o verdadeiro povo do Acupe é conhecido como um povo alegre e receptivo, apesar das dificuldades, eles sempre encontram um bom motivo para serem felizes! É isso que atrai não só a mim, como a muitos apaixonados por esse cantinho especial do Recôncavo!

Obra protegida por direitos autorais.


Gostou?




Participe!
Deixe Seu Comentário
Siga-nos no Twitter
Curta-nos no Facebook
Atualize-se por Email


4 Comentários:

Anônimo Comentou:

Oi vc eespressou bem minha terra,mais a sexta feira santa vc nem mesionou apesar de nao ser mais como era parabens.

Projeto Veredas e Trilhas da Bahia Comentou:

Oi Rosana. Parabéns pelo texto, muito interessante.
Gostaria de saber se há alguma festa específica em que podemos ver os mandus, as caretas, os mombachos e o nego fugido num único dia.

Abraços

Gessiane Dias

André Felipe Ribeiro Argôlo Comentou:

@Projeto Veredas e Trilhas da Bahia, Sou administrador do Site, agradeço os elogios ao texto de Rosanna Ribeiro, e antecipo a resposta, as festas citadas por te são tradicionais e muito interessante de acompanhar, elas ocorrem no período do mês de Julho aos domingos e estão sendo prorrogadas até o mês de Agosto, não tenho no momento as datas, mais muitas ocorrem no mesmo dia, tenho um projeto de organizar um calendário cultural com todas essas datas, ou pelo menos um parte delas, tentarei antecipar ao máximo este calendário e publicarei no site.

Saudações,
Felipe Argôlo.

Rosanna Ribeiro Comentou:

@Projeto Veredas e Trilhas da Bahia,Olá Gessiane .Obrigado pelo elogio.
Esse Festejo acontece aos domingos do mês de Julho e se estende até o mês de agosto . Tentaremos antecipar a Programação das apresentações. Desde já Agradeço seu contato.
No meu perfil consta o meu E-mail, se você quiser manter contato direto comigo!
Um abraço!

Postar um comentário

Você gostou? Tem uma opinião? Deixe seu recado aqui!

Entre em Contato:

Para anunciar, apoiar, colaborar
ou virar um parceiro.
Envie um e-mail para:
contato@obomdoacupe.com.

Nota:

Se você é escritor, fotógrafo ou qualquer tipo de artista que tenha um conteúdo referente ao Acupe, entre em contato para publicar sua obra aqui no 'O Bom Do Acupe'.