Acupe - Pesca Artesanal | O Bom Do Acupe | Santo Amaro BA

Pesca Artesanal

O pescador artesanal é de fundamental importância para a riqueza do Recôncavo Baiano. Principalmente para o Acupe. A comunidade do Acupe vive em uma região privilegiada pelas suas riquezas marinhas. Eles têm um modo de viver fortemente influenciado pela atividade extrativista, sobre tudo pela mariscarem e pesca. Essa peculiaridade da vida ligada ao mar e ao rio tem interessado a muitos pesquisadores e biólogos. Comunidade pesqueira, Meio ambiente, equilíbrio ecológico e subsistência, são alguns elementos do cotidiano de quem trabalha com a pesca artesanal em Acupe. A pesca artesanal foi considerada uma matéria interdisciplinar, que se configura como fonte para grandes pesquisas, atraindo profissionais das Ciências Biológicas, Humanas, e Exatas.

Gostar de trabalhar com o meio ambiente, pode ser apenas um dos segredos da arte de pescar. É uma rotina tanto prazerosa quanto cansativa. Em Acupe a arte de pescar vem passada de pai para filho; Geração para geração. Há algum tempo os pescadores do Acupe contam com o apoio da Sede dos Pescadores, que vem sendo parceira dos verdadeiros pescadores, conscientizando e lutando por melhorias para sobrevivência da pesca artesanal. A pesca artesanal é um tipo de pesca que tem como embarcações de pequeno porte, como canoas, ou jangadas ou ainda sem embarcações, como na captura dos moluscos perto da costa. Sua atuação pode ser no mar ou no rio. O Acupe além de contar com o mar, também é privilegiado por alguns rios, o mais importante é o Rio Pavão.

Eles usam vários tipos de equipamentos de acordo com a espécie a ser capturada; Tem rede de arco, emalhe, arraste simples, arraste duplo, tarrafas, linhas e anzóis, armadilhas e outros.  Olhares variados miram a atividade pesqueira do Acupe. A fartura de espécies, bem como a riqueza cultural da comunidade atrai especialistas em busca de compreender esse universo rico em diversidade, tentando conhecer melhor seu cotidiano, sua produção e suas técnicas, característica dessa comunidade. Mas a pesca artesanal do Acupe sempre enfrentou desafios, pois considerando que o estudo das pequenas comunidades pesqueiras, esta começando, agora, a serem valorizadas no ambiente universitário brasileiro, falta investimento em formação para uma nova geração no Acupe.

É preciso estimular nossos jovens! Em 2008 foi iniciado o Curso Técnico em Recursos Pesqueiro do Acupe, e em 2011 será formada a primeira turma. Essa turma de grandes e nobres lutadores estudantes, que sonham em aplicar tudo que estão aprendendo em sua comunidade, nossos merecidos aplausos e o nosso respeito; para que eles sejam estimulados a conservar e valorizar essa inigualável diversidade do Acupe. Acupe natureza impar, diversidade admirada, Juventude presente!

  • Fonte: IBAMA (Estatística da Pesca)
Obra protegida por direitos autorais.


Gostou?




Participe!
Deixe Seu Comentário
Siga-nos no Twitter
Curta-nos no Facebook
Atualize-se por Email


Comentários:

Postar um comentário

Você gostou? Tem uma opinião? Deixe seu recado aqui!

Entre em Contato:

Para anunciar, apoiar, colaborar
ou virar um parceiro.
Envie um e-mail para:
contato@obomdoacupe.com.

Nota:

Se você é escritor, fotógrafo ou qualquer tipo de artista que tenha um conteúdo referente ao Acupe, entre em contato para publicar sua obra aqui no 'O Bom Do Acupe'.